A moda dos pins apareceu em força na década de 80 como uma aplicação moderna de um produto antigo e normalmente utilizado por senhoras. Depois de um curto desaparecimento, eis que a moda está de volta. Com mais ou menos cores, com mensagens, imagens ou apenas com um símbolos, os pins aparecem na “fashion trend” inglesa como um acessório indispensável a quem quer estar nas “catwalks” deste Mundo.

 

Parece-me óbvio que o grande gestor de empresas ou o ministro do Governo não andarão com a minha proposta de hoje, apesar de fazerem coisas bem piores nos seus escritórios, mas quem pode fazer o seu estilo e combinar as mais variadas tendências, esses, não vão perder este adereço.

 

Mas a grande novidade é que está completamente “out” usar pins na camisola, nos bonés (assim tipo chunga da Buraca) e afins. De Londres vem a tendência que revoluciona: os pins nas calças, junto aos bolsos. A ideia é válida para os dois sexos, desde que o bom gosto impere. Aconselho nunca mais do que 5/6, uma vez que pode começar a aborrecer um bocadinho quem nos vê. É que essas pessoas vão querer observar todos e fazem-no enquanto olham para uma zona… digamos… delicada do nosso corpo.

 

Se não gostar dos pins apresentados no mercado, que pode encontrar em boas lojas de adereços, aconselho que faça os seus próprios pins. Ficam bem mais baratos e quem sabe não descobre uma nova faceta criativa. Para a semana prometo ensinar aqui no XENU como se fazem. Faça como fizer, não perca a oportunidade de brilhar com os seus pins. Acredite que são uma aposta segura!